sábado, 16 de fevereiro de 2008

Mulher de Fibra

"Ninguém escuta meu grito
Desconhecem meu sufoco
Escondida lá no mato
Com fome, quebrando coco..."
Cantiga cantada pelas mulheres de Ludovico, Lago do Junco-MA, que demonstra a luta dessas mulheres com grandes latifundiários pelo acesso a terra. Estória maravilhosa que consegui registrar em minha monografia.

3 comentários:

WILSON disse...

O retrato social do Brasil é uma realidade que (infelizmente) está longe de mudar. Vem dos tempos mais remotos da nossa "descoberta", junto com todas as idéias da península ibérica... idéias atrasadas de ganhos. Pura cobiça. Mas, se é para falar em pecado capital, inclua os outros seis na lista! Crimes de todos os tipos, direta ou indiretamente ainda são praticados ao povo brasileiro por um governo sem caráter e um povo acostumado a abaixar a cabeça para levar chibatadas nas costas...
Sua foto mostra muito bem isso. Parabéns pelo excelente registro. O texto está impecável.
Abraços
Wil - jauradical

Núbia Lima disse...

Amiga.. peguei essa sua foto emprestada pra postar em blog ( podreeee!!!) lá da sala. Esse blog é de uma cadeira de laboratório de produção de texto. Nunca escrevi pra isso,mas esse texto faz parte de uma avaliação ai lembrei dessa foto massa. Tem tudo a ver.
Qunado tiver um tempinho da uma lida. Eu nunca escr4evi nada hummmmmmmm..... mas Paulo vive postando doidice!Hehehe
Bjs
Núbia

http://produzindonoquarto.zip.net/

Uirá disse...

Trabalho duro mais honrado
cortadeira de babaçu

E uma foto que gostria de tirar

Pena que me roubaram a maquina a ultima vez que estive em São Luiz